quarta-feira, 22 de setembro de 2010

O melhor da piada é esperar por ela

Edição é uma coisa sensível, né? Pode matar ou valorizar a coisa editada. Invejo muito quem tem talento para pegar um montão de material e pinçar dele a essência.


Maaaaaaaaaaaaaaas... nem sempre a essência é a melhor escolh
a. Lembro que assisti o trailer do primeiro Máfia no Divã, não lembro se no cinema ou em VHS. Achei genial, não vi a hora de ver o filme. Até que vi o filme e descobri que todas as melhores piadas estavam no trailer. Sicatá, a função do trailer não é acabar com a graça da obra completa, né? É nisso que dá a indústria cultural ter linhas de montagem, aposto que o sujeito que editou o trailer estava pouco se lixando para o filme, só queria fazer um trailer genial. E a gente que se dane, quando descobrir que não sobrou nada para rir.

Aliás, parênteses: toda uma cultura de ver trailer está se perdendo, não? Na menos ruim das hipóteses, migrou para o YouTube. Era diverti
do ver trailer antes dos videos, coisa que não teve mais graça, a patir do DVD. Ok, sempre temos as salas de cinema... e o gerenciamento da preguiça de sair de casa, claro.

Voltando. Lembrei do trailer do filme do Billy Crystal por conta do trailer da nova série Mike & Molly, protagonizada pela Melissa McCarthy (Sookie! Gilmore Girls!). Uma série sobre um casal de gordos que se conhecem em um encontro de algo tipo Gordos Anônimos. É uma comédia fofa (ha ha ha) e, claro, cheia de piadas de gordos, porque o casal é bem humorado.

Você já percebeu o final da história, né? Todas, todas mesmo, as piadas boas do episódio piloto estão no trailer. O editor do trailer foi extremamente guloso.

Agora é esperar que os próximos episódios não tenham trailer.

Ah, sim: eterna gratidão aos que legendam e disponibilizam as séries. Talvez vocês nunca tenham ouvido falar em desobediência civil, mas é exatamente isso que vocês fazem.

2 comentários:

  1. Pronto, agora você me deixou com vontade de assistir.

    ResponderExcluir
  2. Acho que tem lá no BiaSeries da... Bia. Dã!

    ResponderExcluir